Meu Par Ideal



RESENHA


   Pense em um casal feito exatamente um para o outro. Pensou? Agora multiplique esse casal por 10, talvez assim chegue perto de Marina e Augusto. Amo histórias sobre destinos que se entrelaçam, até porque eu vivo uma história assim e foi graças a isso que passei a acreditar no amor verdadeiro. Alma gêmea? Pessoas que são destinadas umas as outras? Isso é real sim meus caros.

   Marina uma jovem pediatra em ascensão e sua amiga de infância Paula em uma noite qualquer resolvem ir a uma casa noturna com a intenção de curtir bastante e se divertirem, porem no meio do caminho o pneu fura de uma hora pra outra. Enquanto tentavam ligar para alguém procurando ajuda, um CRV preto para e descem dois homens. Nesse exato momento ao contemplar um dos rapazes, Marina logo sente um misto de medo e desejo ao olhar diretamente para os seus olhos.

   Esse rapaz era Augusto, e não desgrudava os olhos de Marina por nenhum segundo, estava acompanhado de seu amigo Otávio, que logo engatou uma conversa com Paula. Após os rapazes trocarem o pneu do carro das moças, depois de agradecerem, elas seguem para o local destinado da noite. E ao chegarem lá com quem elas se encontram? Sim, com eles.

“- Desculpa! – gaguejei ao falar. – É que hoje em dia é bem difícil encontrar um homem disposto a ter um relacionamento mais sério. 
- Vai ver você não havia encontrado o homem ideal para você.”

   Paula, sem que Marina tivesse visto, havia comentado com Otávio em qual boate elas iriam. O primeiro pensamento de Marina era se Augusto estava lá também, não havia como negar, o homem tinha mexido com ela. Uma sensação de estar sendo observada tomou conta de Marina, e ao chegar no balcão do bar e se desviar do abraço insistente de um rapaz com um papo furado, eis que surge Augusto pela segunda vez, salvando nossa pediatra.



“A vida é tão engraçada, nunca sabemos ao certo o momento que ela vai dar uma guinada, o momento em que vamos, como por acaso, conhecer alguém que se torne indispensável em nossas vidas. O destino realmente adora nos surpreender, sempre acreditei no destino, na real sempre fui uma romântica incurável, só tinha medo de admitir. Conheci o amor da minha vida quando menos esperava, quando não procurava, apenas aconteceu.”




   A química entre os dois fora algo instantâneo, lá durante a troca do pneu, ambos já se sentiram atraídos um pelo outro. E essa atração se desenvolveu ainda mais na boate. Depois desse dia os dois não se desgrudaram mais, o desejo se transformou em uma paixão avassaladora, eles passaram a estar juntos quase todos os dias. Deram-se conta de que eram destinados um para o outro, e mesmo com um ex louco e uma ex vigarista tentando atrapalhar o relacionamento deles, o amor falou mais alto.

   Um romance doce, agradável e viciante, é assim que descrevo esse livro. Amei cada página, me senti envolvida demais na história e com os personagens. Marina e Augusto são o tipo de casal que prometem fazer até o coração mais seco, suspirar de amor. Indico esse livro a todos os adoradores de romance, e se preparem para fortes emoções e para conhecerem uma história de amor linda.










Detalhes

Páginas: 302
Autora: Bernadete Estanini
Contato com a autora: aquiaqui e aqui.
Onde encontrar: ArwenAmazonSaraivaLivraria CulturaSkoob.
Editora: Arwen

Comentários

  1. Obrigada, Kalyne!!!! Por todo carinho com o meu trabalho. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Adorei sua resenha. Nunca tinha visto esse livro e o romance é um clichê mas não um clichê chato.

    beijinhos, Jenni.

    sinopsedoslivrosjenni.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Ahhh adorei a promissa desse livro, sou amante de romance, então você já deve imaginar. Amei a resenha e ese casal parece ser lindos.

    Augusto com certeza é daqueles de tirar o folego hahahaha

    Um beijo da Jhenny

    ResponderExcluir

Postar um comentário